Home / Ficção / Tendo Ideias – parte 2

Tendo Ideias – parte 2

Como prometido, mais alguns exercícios para ajudar com as ideias para o seu livro.

Veja isso
Deixe sua imaginação te passar um filme.
Sente-se de manhã e pergunte a si mesmo “Sobre o que eu realmente quero escrever nesse momento?”. Liste as três primeiras coisas que vierem a sua mente. Isso pode vir na forma de temas, personagens ou situações. Escolha a que lhe agradar mais.
Então feche os olhos e comece o filme. Apenas sente e “assista”. Não tente controlar. Faça isso por quanto tempo quiser.
Então comece a escrever sem se preocupar com a construção do enredo por pelo menos 20 minutos. Escreva sobre o que você se lembra desse filme. O que você notou sobre personagens, temas, enredo, qualquer coisa. Apenas escreva.
Faça isso por cinco dias e então olha o material que você tem.

Ouça isso
Música é um atalho para a alma. Ouvis música move você. Escolha diferentes estilos – clássica, rock, jazz – e enquanto você ouve, feche os olhos e veja as imagens, cenas e personagens desenvolvidos.
Se encontrar algo de valor para escrever, você pode usar essa música para te colocar no clima toda vez que sentar para escrever.

Personagens primeiro
Talvez o caminho mais rápido para criar uma história seja através dos personagens. O processo é simples: desenvolva um personagem e veja para onde ele vai.
Há várias formas de criar um personagem original:
Visualize. Feche seus olhos e veja o primeiro personagem que aparecer em sua mente. Descreva essa pessoa. Coloque-o em qualquer situação e veja o que acontece. Então se pergunte “porque esse personagem está agindo dessa forma?”
Recrie com o que você conhece. Pegue algum personagem fascinante do seu passado e então o recrie. Dê a ele uma ocupação diferente, troque seu sexo.
Obituários. Pegue um jornal e veja a biografia do seu personagem. Adapte-a. Pegue as partes interessantes, altere a idade, e sexo.
A pior coisa. Uma vez que você tenha o personagem se pergunte “qual a pior coisa que pode acontecer com ele?”. A resposta a essa pergunta pode dar um bom romance de suspense.

Roubando do melhor
Se Shakespeare pôde fazer isso, você também pode. Pegue o germe de outra história e o vista com a sua magia particular. Mude personagens chaves e convenções.

Invertendo o gênero
Todos os gêneros possuem convenções de longa data. Nós esperamos um certo ritmo e movimento de cada gênero de história. Então porque não pegar essa expectativa e virá-la de cabeça para baixa.
É muito fácil pegar, por exemplo, uma história de velho oeste e transformá-la em uma aventura espacial.
Brinque com os gêneros, convenções, expectativas. Misture tudo.

Compartilhe!
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Sobre Carolina

Carolina
Apaixonada por livros, estudante de Letras e escritora em treinamento.

Check Also

8 dicas para escrever personagens crianças

Com sua mistura fascinante de inocência, estado de alerta, egoísmo, e idealismo, personagens infantis pode …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *