Home / Ficção / Mundo e Tom – Ato 1

Mundo e Tom – Ato 1

Hoje vamos terminar o Ato 1, falando de suas outras 3 funções. Coloque todas as cinco juntas e você terá um início de romance inesquecível.


Apresentar o mundo da história
Apresentar o mundo onde o protagonista vive. Não apenas o cenário, mas sua vida, sua rotina. Uma forma bem comum de fazer isso é mostrar o herói na prática de sua profissão. Mostrá-lo em casa, com sua família também é uma forma eficiente de apresentar a rotina do herói.


Estabelecer o tom
Os leitores querem saber em que tipo de história eles vão adentrar. Por isso é necessária acertar o tom desde o início. Não significa que não possam haver situações cômicas em um livro sério, ou tensão em uma comédia, mas tem que haver algum tom principal. Você pode mostrar que será um livro romântico, cheio de mistérios, de investigação ou magia. O importante é que, ao fim desse primeiro ato o leitor esteja consciente do tom que ele encontrará até o final do livro.


Compelir o leitor a prosseguir a leitura
Esse é outro fator importantíssimo: por que o leitor deve se preocupar em continuar a ler? Você deve dar ao leitor ao menos 3 motivos:
– um protagonista convincente
– com quem ele criou laços emocionais
– e cujo mundo foi perturbado
E quando o personagem passar pelo portal sem volta do Ato 1 para o Ato 2, precisa estar bem definido quem é a oposição. Você não precisa estabelecer completamente a identidade dessa oposição, mas precisa definir que ele está lá. E é bom ele parecer mais forte que o personagem. Você não precisa mostrar isso no livro ainda, mas precisa saber também quais são as motivações e motivos dessa oposição. Nunca tenha um vilão que atormenta o seu herói apenas porque esse é o papel dele na história.
Manipulando a informação. É importante ter em mente que você nunca deve dar informação em excesso. Não conte ao leitor sobre um personagem ou evento, antes de mover o enredo para lá. Exponha as informações apenas quando necessário, e tente colocá-las no meio de outras cenas, através de pensamentos ou diálogos dos personagens.


Se quisermos usar a Jornada do Herói, 5 dos 12 passos se encontram no primeiro ato:
– Mundo comum
– Chamado a aventura
– Recusa ao chamado
– Encontro com o Mentor (esse pode ser atrasado para o ato 2)
– Travessia do Limiar


Continuem acompanhando a série de posts, que em breve entraremos no Ato 2!

Compartilhe!
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Sobre Carolina

Carolina
Apaixonada por livros, estudante de Letras e escritora em treinamento.

Check Also

hqdefault

Erros mais comuns: como não usar rótulos de falas e marcadores de ação

Não prejudique a graciosidade dos diálogos dos seus personagens com erros de pontuação ou estilo. ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Menu Title