Home / Ficção / 5 Erros Comuns em Contos – e como Corrigi-los

5 Erros Comuns em Contos – e como Corrigi-los

Apesar de um “erro” estar sempre nos olhos de quem vê, existem algumas deficiências comuns que vemos regularmente em contos de novos autores que estão esperando para ser publicado em revistas literárias. Você está cometendo estes erros comuns de contos? Leia nossa lista, e então, avalie você mesmo o seu conto. Boa sorte!

1 – Colocar na história um personagem não-essencial. Como escritores, nós somos observadores. Talvez nós não estejamos no meio da ação, mas estamos sempre profundamente sintonizado com ela. Como resultado, muitos escritores novos tendem a dar suas histórias para personagens que não são realmente centrais para observadores imparciais. O resultado? Histórias com falta de emotividade, intensidade, e às vezes de foco.

A correção: Brinque com o POV do seu conto. Você está autorizado a brincar. Experimente até encontrar a voz que transmite experiência emocional mais profunda e atraente.


2 – Embalar muito a trama. Um conto que tenta fazer coisas demais, ao mesmo tempo vai se ser sobrecarregado e subdesenvolvido. O coração (ou foco) da história se perde em muitas distrações de enredos tangenciais.

A correção: Explore suas próprias motivações e intenções. O que você realmente quer que sua história faça? Depois de identificar o coração de sua história, apenas retire as camadas mortas e deixar a experiência do leitor o núcleo de seu trabalho.


3 – Inclinar-se demais em uma ideia narrativa. Às vezes, os escritores que têm uma dedicação tacanha às suas idéias centrais correm o risco de ficar presos. Eles voltam para a mesma ideia várias vezes, debatendo-se em diálogos, criação, caracterização, etc.

Uma das duas coisas podem acontecer: A história vai se tornar uma maravilhosa e profunda exploração da noção singular se um escritor é cuidadoso e prudente; ou a história nunca vai crescer, desenvolver ou aprofundar-se. Ele não vai ser capaz de passar por esse ímpeto inicial e florescer em algo maior.

A correção: Se você está preocupado se a sua história está girando suas rodas, considere brincar com algumas “forças opostas” ou elementos que parecem trabalhar contra a vontade central de seu personagem. Vá à sua ideia central em outra direção. Você pode precisar experimentar até encontrar o elemento que está faltando.


4 – Títulos aleijados. Todos nós sabemos que a elaboração de um bom título pode ser difícil. Para contornar esta situação, muitos escritores recorrer a títulos de uma ou de duas palavras como A Sala ou O Luto. Muitas vezes, esse tipo de título é visto pelo editor como preguiçoso.

A correção: Chame reforços. Peça aos seus amigos para lerem a sua história e circular as palavras ou frases que lhes atingiram ou se destacam. O seu título só pode estar escondido em seu texto!


5 – Indo muito longe. Quando se trata de escrever, textos longos são geralmente mais fáceis. Mas o fato é que os editores têm demonstrado consistentemente que os contos mais curtos parecem ser mais facilmente escolhidos do que os mais longos (em geral).

A correção: Se a publicação é o seu objetivo, você pode querer manter a sua contagem de palavras abaixo de 3.500. É claro, existem revistas que aceitam contos mais longos. Mas com um conto mais curto, você vai ter mais mercados disponíveis para você.


Todos nós sabemos que quando se trata de escrever uma boa história, não há regras. O truque é saber o que o pensamento moderno sobre as “regras” de contos sugere e, em seguida, decidir por si mesmo quais quebrar e quais seguir. Você vai ter que descobrir por si mesmo se o seu “erro” é, na verdade, um trabalho eficaz.

Compartilhe!
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Sobre Carolina

Carolina
Apaixonada por livros, estudante de Letras e escritora em treinamento.

Check Also

Little-Men-Tommy-Banks-768x509

8 dicas para escrever personagens crianças

Com sua mistura fascinante de inocência, estado de alerta, egoísmo, e idealismo, personagens infantis pode ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Menu Title