Home / Ficção / 3 Dicas para Escrever Suspense

3 Dicas para Escrever Suspense

Suspense, de acordo com o Merriam-Webster on-line, é

“o sentimento ou estado de nervosismo ou excitação causada por querer saber o que vai acontecer.”

Suspense é uma parte de toda boa literatura e mídia criativa, porque é o que motiva o leitor a continuar. É a vozinha na mente do seu leitor que faz a pergunta: “E depois?”

É a força invisível que não permite ao espectador se atrever a desviar o olhar. É o que mantém o leitor acordado mais vinte minutos depois da hora de dormir, prometendo a si mesmo que vai ler só mais um capítulo, e então ele vai largar o livro, mas uma vez que largue, o cérebro continua em redemoinhos por mais vinte minutos antes de poder acalmá-lo o suficiente para cair no sono.

Como criar suspense

Mas como você cria suspense? Existem algumas maneiras de orientar a sua escrita na direção certa.

1 – Faça sua pergunta dramática cedo

É importante introduzir a questão dramática no início da narrativa; caso contrário, o seu público não se importará o suficiente sobre os personagens para chegar ao ponto do seu trabalho onde a pergunta é feita.

2 – Tome liberdades na sua pergunta dramática

Não há nenhuma regra que diz que a pergunta dramática tem que permanecer a mesma em toda a sua obra. Você pode respondê-la e levar o leitor a outra ainda maior.

3 – Seja imprevisível

É bom ter uma boa reviravolta, mas o fundamental é que ela tem que ser boa.

Fique longe de tropos velhos e enferrujados ​​no reino do “foi o mordomo”, a menos que o mordomo tenha feito isso e você chegou lá de forma mais criativa.

Como arruinar o Suspense

Uma palavra de cautela: nunca sacrifique o desenvolvimento da trama por uma reviravolta final. Deixe pistas e notas que prenuncie o desfecho em sua escrita, sem entregar a grande revelação.

Caso contrário, você está arriscando ter um final que é rotulado como um deus ex machina, e seus leitores vão ressentir-se por isso.

Compartilhe!
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Sobre Carolina

Carolina
Apaixonada por livros, estudante de Letras e escritora em treinamento.

Check Also

8 dicas para escrever personagens crianças

Com sua mistura fascinante de inocência, estado de alerta, egoísmo, e idealismo, personagens infantis pode …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *